terça-feira, 4 de março de 2014

Uma borboleta no carnaval





Hoje pela manhã uma borboleta entrou em meu apartamento.
Ali ficou o dia todo de asas fechadas, no chão, como quem descansava depois de voar por muito tempo. Quando começou a escurecer, ela despertou do seu aparente sono, abriu suas asas e parou novamente. Suas asas eram muito bonitas. Tinha uma cor amarela em ambas as asas que contrastavam com o preto do seu corpo.
Parou agora na janela do apartamento de asas abertas como alguém que olha para o horizonte à espera que algo ocorra.
Depois de meditar por um tempo, bateu asas e se foi.
Sua companhia durante o dia foi muito boa. Era um elemento diferente em meio a tantos livros e notebooks.
Sempre que olhava para ela sentia paz, tranquilidade e sempre me vinha à mente as palavras de Jesus que nos diz: "Não se turbe o vosso coração." (João 14:1)

Queria tê-la agradecido pela companhia nesta terça de carnaval, mas ela se foi brevemente.
Foi às vezes levar paz para outro apartamento.
Tomara que onde ela pousar, encontre outra pessoa que precise de sua companhia.