segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

"Pai santo, protege-os em teu nome, o nome que me deste, para que sejam um, assim como somos um.
Não rogo que os tires do mundo, mas que os protejas do Maligno.
Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.
Para que todos sejam um ...
Que eles sejam levados à plena unidade, para que o mundo saiba que tu me enviaste e os amaste como igualmente me amaste" Jo 17...

O apelo maior de Jesus em sua oração é a unidade dos seus discípulos bem como daqueles que ainda creriam nele.
Por que Jesus tinha essa preocupação com a unidade? A unidade entre os seus discípulos tinha um propósito que era testemunhar Deus ao mundo. I Jo deixa isso bem claro: "sereis reconhecidos como meus discípulos se amardes uns aos outros". A unidade demonstra esse "emanuel".
E algo interessante a se notar, é que Jesus não aponta essa unidade para uma transcendência, mas coloca essa unidade aqui na terra. Tanto que ele pede que Deus não nos retire do mundo. O lugar para testemunhar sobre Deus é no mundo. O lugar de sermos um é no mundo e não para além dele.
A idéia da unidade em várias religiões e até entre nós protestantes geralmente é encarada voltada à uma transcendencia. Vemos isso no conceito hindu de nirvana, no budismo, no taoísmo, e várias vezes no protestantismo. Jogamos essa unidade para o além, enquanto a oração de Jesus é para que fôssemos um aqui. Na terra. No céu não é preciso testemunhar sobre Deus, todos lá o conhecem e convivem com Ele. Deus quer ser testemunhado na terra.

Se olharmos para Jesus durante sua estadia aqui veremos que ele também tinha a visão de testemunhar Deus aqui. O Deus para o mundo que não o conhece, e não para a transcendência. Jesus deixa muito claro na sua oração que a unidade deve ser aqui, não no além...

Fico realmente muito incomodado com essa insitencia de vários pregadores, pastores que enfocam mais o fim dos tempos, só sabem falar maranata, maranata e esquecem que a diferença deve ser feita aqui. Que o mundo clama por Deus. Clama por ver a glória Dele manifesta.

Penso que Deus gosta desse mundo. Afinal, foi Ele mesmo que o fez, e portanto é bom. Não acredito que Deus esteja querendo nos tirar do mundo. mas acho que o desejo de Deus é que o reconheçamos nesse mundo, que sejamos Suas testemunhas nesse mundo.

Que eles sejam levados à unidade para que o mundo saiba que Tu me enviaste... Essa unidade tem que ser vivida aqui, do contrário não faz sentido.
Eu acho que ao invés de ficarmos pensando em "sair" desse mundo, pensemos em "mudar" esse mundo a partir da unidade para que aí possamos ser a resposta de Deus à oração de Jesus.

Seria como se Deus estivesse falando com Jesus: - Olha lá ! Sua oração está sendo respondida ! Eles realmente estão sendo um como nós somos um, da forma que Vc pediu. Eles realmente estão testemunhando a Meu respeito.