domingo, 15 de fevereiro de 2015

Um pouco sobre o amor




"Porque eu te amo, tu não precisas de mim. porque tu me amas, não preciso de ti. No amor, jamais nos deixamos completar. Somos, um para o outro, deliciosamente desnecessários." Roberto Freire
Via Isabela Martinez !

Pelo que vejo, a maioria das pessoas querem um outro para se sentirem completos.
Precisam da presença para que a solidão não assole.
Neste contexto, esquecem que o amor é sempre falta.
É sempre não ter o outro, e por isso é sempre escolha.
Mas não escolha pela presença do outro, mas escolha pela ausência dele,
Pois apenas pela ausência a presença se torna constante e não fugaz.

Lacan já nos dizia que amar é dar ao outro o que não se tem. Pois no amor o outro se coloca como aquele capaz de alguma forma tampar o vazio que habita o sujeito, mas ao mesmo tempo é ele mesmo fundado sobre o vazio  o qual não pode ser tamponado por nada nem por ninguém. 
No entanto nesta promessa de ser o Um para o Outro o outro se conforta e se apazígua. 

Talvez os felizes sejam aqueles que mesmo sem precisar escolhem esse outro para caminhar junto consigo, e nesse caminho vão se completando sem nunca estarem completos. 

Grande aposta é sempre o amor.