sábado, 8 de agosto de 2009

Ah se....




Gosto de pensar nessa expressão: "Ah se..."

Manifestação de desejos, lamúrias, tristezas...
mas também possibilidade de esperança, alegria, espera de que algo será diferente...
As vezes quando se passa por momentos difíceis, essa expressão é a primeira que nos vem a mente. Dizemos : - Ah se...

Com isso manifestamos um desejo de que há algo em nós que ainda permanece vivo, esperando talvez apenas a manifestação de algo, a manifestação de alguém, sei lá...
Esse desejo vem acompanhado de uma certeza de que, se o que quiséssemos estivesse presente, aquilo seria diferente. Esperança. Fé. Certeza de que o ausente, se estivesse presente, faria diferença.

"Ah se fendessem os céus" já dizia o profeta.... grito de esperança em meio a realidade não tão amiga.
"Ah se Israel me ouvisse", já dizia Deus pela voz do salmista... Esperança divina de que o homem se volte para Ele...

Tanta coisa envolvida em uma simples expressão. Expressão essa reveladora de um suspiro escondido, de um desejo não realizado, expressão de uma ausência...
Esperança de que no caminho apareça algo, de que na próxima curva, a estrada será mais tranquila, mais confortante...
Ah se...