quinta-feira, 15 de abril de 2010

sobre o vento



Jesus disse algo sobre o vento:

Ele disse a Nicodemos que "O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito" Jo 3:8.

Fiquei a pensar nisso. Realmente o vento sopra onde quer, não tem como impedi-lo de assoprar, não podemos fazer com que ele cesse, ele sopra onde quer. Os que são nascidos do Espírito são como o vento.

Quem poderá dizer onde estão? Ou onde não estão ? Por isso que as disputas entre religiões tendem a uma enorme falácia em nome da suposta "verdade".

E o que vemos do vento senão seus efeitos? Nunca vemos o vento, mas sentimos seus efeitos, vemos as árvores balancarem, os frutos caindo, e talvez, pelos frutos que caírem quando o vento soprar conheceremos as árvores, e se o fruto for bom, a árvore será boa, e se o fruto for mau, a árvore será má, afinal, não pode uma árvore boa dá fruto mau, nem uma árvore má dar um fruto bom, já nos dizia o nazareno há algum tempo atrás. O mesmo nazareno que nos disse sobre o vento...


O vento sopra onde quer, as vezes por estarmos tão protegidos com os "agasalhos das convicções" não sentimos o frescor do vento que livremente nos atinge, trazendo refrigério para nossas almas...