sábado, 27 de junho de 2009

Michael Jackson...





Confesso que fiquei muito entristecido com a morte do Michael Jackson. Sinceramente não sei porque ainda. Realmente me entristeceu. Escrevo esse texto como desabafo.


Vi e ouvi os vários documentários que apareceram sobre ele na TV. Milhões de pessoas entristecidas por causa de Michael Jackson.

- Morreu novo, alguns diziam. - Descansou ! diziam outros. Mesmo assim, a dor é sempre para os que ficam.


Realmente um mestre naquilo que fazia. Teve lá seus problemas, mas quem não tem? e mesmo assim procurou ajudar as pessoas com aquilo que tinha, iniciou vários projetos sociais, se colocou a favor daqueles que quase ninguém se coloca a favor.


A morte dele me remeteu diretamente ao Eclesiastes 1. "Vacuidade de vacuidade... de que proveito tem o homem de todo o trabalho com que se afadiga debaixo do sol? " Sentimento de vazio, de nada. Pode parecer estranho esse tipo de sentimento por uma pessoa que nem é tão próximo assim.


Talvez de uma certa forma haja um tipo de identificação. não sei... O que sei é que pensei naquilo que o Eclesiastes fala, não só no primeiro capítulo, mas várias vezes durante o livro todo.


Celebre a vida - dizia o Eclesiastes - Afinal pra onde vc vai depois de morrer não há obra alguma. Assim como Epicuro, o Eclesiastes incentiva uma vida de alegria, uma alegria bem medida. "coma seu pão com alegria", viva essa vida que Deus te deu.


Não é porque não se sabe o que virá depois da morte que devemos deixar de viver. Se virá o céu, se virá o nada, e daí? Vivamos com o que temos. Sabendo que talvez tudo seja vazio e sem sentido. Sabendo que talvez a única coisa que fica seja o que deixamos com os outros, ou para os outros...


(Apenas não diga isso para vários evangélicos, pois eles têm a certeza do que virá depois da morte !!!! )


Interessante que o castigo dos ímpios é que ninguém se lembraria deles. viver na memória é algo que cabe aos justos.


Diz o Eclesiastes: "Assim também vi os ímpios, quando os sepultavam; e eles entravam, e saíam do lugar santo; e foram esquecidos na cidade, em que assim fizeram; também isso é vacuidade" (Ec 8,10)...


Penso que devemos fazer sempre coisas que nos possibilita vivermos na memória das pessoas. Não porque queremos isso, mas porque isso é bom. simplesmente por isso. Isso é coisa dos justos.


Jesus já dizia que pelos frutos conhecemos as árvores. Uma árvore que dá bons frutos é uma boa árvore. Que sejamos boas árvores, que o mundo colha nossos frutos, comam, se satisfaçam...


Continuo triste por causa de Michael Jackson. Adoro suas músicas, suas danças... Pelo menos em minha memória ele viverá pra sempre... Vida eterna...