segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Onipotência e Preguiça









Eu várias vezes já pensei em ter em minha boca uma palavra mágica.

Algo do tipo "jazam", ou "abracadabra" que abrissem todas as portas que fossem necessárias, que resolvessem todos os problemas que estava enfrentando. Pequenas palavras com grandes significados. (Fale mais desse desejo de onipotência, Veliq !)

Já cheguei a cogitar, mesmo que de brincadeira, que nós temos um número limitado de palavras que podemos falar durante nossa vida. Se ficarmos falando demais um monte de coisas sem sentido, no final da vida não teríamos palavras para dizer as coisas importantes. Elas acabariam.

Seria muito bom se algumas pessoas pensassem assim. Isso evitaria várias besteiras que ouvimos todos os dias. No entanto, percebemos que não é isso que acontece.

Ouvimos tantos blá blás, e isso todo dia, toda hora...

Pouquíssimas destas palavras servem para nós de alguma forma. Isso dá muita preguiça !