segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Confissões de um domingo...





Como gostaria que estivesses aqui !!!
Ah como gostaria

Procurei em vários lugares, em casa não estavas, saí pra tentar te achar, mas não encontrei.

Meu coração permanece triste, sem consolo, querendo talvez sua palavra amiga my friend.

Por que não estás aqui? Estou rodeado de tantas pessoas, no entanto, sozinho, triste, coração abatido.

Como gostaria que estivesses aqui !!!

Talvez a jornada seria mais fácil, talvez os dias seriam mais alegres, talvez o sorriso voltaria ao meu coração e não ficasse apenas em meus lábios.

Talvez me alegrasse novamente com as músicas alegres, talvez a vida pareceria mais florida,
talvez em meio ao barulho que me rodeia encontraria o silêncio do seu olhar que falaria mais alto que todas as vozes sem sentido que ouço.

Talvez seja isso, preciso de um olhar, preciso saber que olha para o meu coração e transforma o choro em riso.

Ah como gostaria que estivesses aqui !!!!

Olhe pra mim, esteja ao meu lado, seja a palavra amiga que me falta, seja estes olhos que vê meu coração aflito, seja meu conforto durante a dura tempestade que cerca minha alma.

Por favor evangélicos de plantão, não me venham falar que devo procurar esse olhar na vertical.
Preciso de horizontalidade, preciso de humanos.

Sei que encontro Deus no outro.

Ah quantas vezes Ele se fez tão presente pra mim através do outro.

Quantas vezes encontrei esse Deus em ti my friend, quantas vezes você já abriu portas que eu jamais conseguiria abrir por mim mesmo.

Quantas vezes tua palavra foi luz para os meus pés...

As vezes foram palavras simples, as vezes singelas, mas sempre trazendo vida.

Ah como gostaria que estivesses aqui !!!!!!!