quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Whishes for a Friend !






Como queria fazer algo!
Como gostaria de poder te ajudar nessa hora!
Diante da má notícia, como gostaria de ser aquele que te traria esperança
Aquele que viria com a palavra libertadora
Aquele que te diria que tudo vai dar certo
que seus planos se realizarão.
Como gostaria de poder ser um conforto diante das sombras que te aflige
Ah se tivesse o poder de curar o físico como curamos as almas das pessoas
Se apenas pela palavra a chaga fosse curada, se apenas dizendo a palavra mágica a enfermidade saísse e todas as coisas voltassem a ser como eram.
Não conheço o enfermo, mas sei que ele é importante para ti, sei que se preocupa com ele, sei que representa algo valioso pra ti.
Talvez porque é importante pra você adquira um tipo de importancia para mim.
Não sei como agir. Confesso minha debilidade face a esses momentos mais complicados
Nunca soube lidar com isso, sempre preferi as coisas enquanto elas estão em paz,
enquanto a roda do mundo gira levemente.
Ofereço a ti talvez um consolo, talvez uma palavra, talvez um ouvido, um riso, uma história engraçada, um passeio em algum lugar, uma distração em um dia nublado, um email falando de outra coisa.
Ofereço a ti minha amizade, meu carinho, meu companheirismo, meu sorriso, minha preocupação,talvez um almoço, talvez um lanche, talvez meu silêncio diante dessa dificuldade.
Mesmo diante do seu silêncio as vezes aterrorizante, consigo ver algo, consigo te entender, e as vezes isso me assusta também.
Diante desse silêncio revelador encontrei palavras não ditas, mas enfim expressivas, e é essa expressividade que encontro em ti, que me faz querer me aproximar, e querer que se aproxime de mim.
Queria poder fazer algo...